19º Dia: Nós somos a liberdade

Deixe um comentário

1 de dezembro de 2014 por bossolon

Campinas. Dia 01/12/2014

 

Caro diário. Fomos acordados logo pela manhã por Jim. Ele nos acompanhou até a sala da casa, onde estavam Derek e Tonny. Ambos estavam sentados nos esperando. Derek estava tomando seu café quando entramos pela porta luxuosa da grande sala.

_ Eu quero dizer que vocês não são prisioneiros aqui.

_ Ah, é? Não parecia. _Falei

_ Vocês ajudaram um prisioneiro a fugir. Por isso tínhamos que tomar atitudes! E com isso, ainda entregaram nossa posição! Estamos em menor numero e temos poucas defesas!

_ Mas vocês nos encontraram no caminho e, ao invés de nos impedir, nos seguiram. _Lembrou Antonio_ Vocês entregaram sua própria posição.

_ Podiamos prender todos por desacato a autoridade!

_Que autoridade? _Perguntou Victor _ Não existe mais nação nenhuma! Não existem mais sociedade! Vocês não são autoridade de nada além das cercas dessa fazenda!

_ Nós somos a lei! _Berrou Derek

_Más noticias! _ Disse Pink enquanto entrava junto com Nolan _ O tiroteio ontem pode ter atraído muitos zumbis! Tem uma horda gigantesca aqui perto!

_Ótimo! Agora isso! Como vamos lidar com tudo isso agora?

_ Fendas _ Disse Mateus

_ Que?! _ Perguntou Derek olhando bem perto da cara dele

_ B-bom… se cavarmos fendas em torno na propriedade. Com uns 4 metros de profundidade e uns dois ou três metros de cumprimento. Os zumbis vão cair nessas fendas e não sairão mais. Eles fizeram isso nos quadrinhos do The walking dead..

Derek rio alto

_ O nerds tem uma idéia! Vamos cavar uma fenda em volta de tudo isso aqui!

_ Peraí, derek… até que é uma boa idéia _Interrompeu Tonny. _ Não só os zumbis, mas os inimigos também podem cair nessa fenda quando nos atacarem. Além disso, vai limitar o lado que eles podem vir e vai ser mais fácil defender….

_ Se deixarmos uma ponte _ Continuou Mateus_ Só poderão passar por essa ponte… Será mais fácil… Além disso, podemos usar a terra retirada pra fazermos barricadas e lugares pra se proteger durante o ataque.

_ E vamos deixar uma vala enorme em volta? E se alguém cair?

_ Quem vai ser idiota o suficiente de cair? _ Perguntei

_ Aquele cara ali parece idiota o suficiente _ Disse derek apontando para Gabriel

_ Cuidado! _Tivemos que segurar Victor que queria ir pra cima de derek

_Aquele rapaz ali não cairia _ Disse Antonio _ Ele tem Down, mas não é burro. Se está com tanto medo de cair, talvez o idiota aqui seja você.

_Escuta aqui, velho…

_ Eu não sou só um velho! Eu servi o exército. Depois trabalhei na policia federal. E se você quer tanto cumprir a lei deveria me respeitar mais.

_ Vai com calma, Derek _ Disse Tonny afastando o rapaz de perto de Antonio

_Se está tão preocupado em alguém cair, podemos cavar do lado de fora da cerca… _ Eu disse

_ Você _ Disse derek apontando pra mim _ Você e seu grupo vão cavar essas fendas! Não importa se é homem, velho, mulher, criança ou idiota!

_Técnicamente… o “idiota” também é um homem, Derek… _Disse jim em tom de sarcasmo, mas depois desviou o olhar quando Derek olhou furioso para ele.

Sob supervisão dos homens de Derek começamos a cavar as valas em torno da propriedade. O pessoal fazia rodizio para nos supervisionar. Me sentia muito melhor quando Jim, Nolan ou Pink nos supervisionava. Os três eram mais amigáveis e estavam mais íntimos de nós.

Na hora do almoço ainda havíamos cavado pouco. Mas já tinha uma vala de três metros de comprimento. Mesmo assim, iria levar dias pra darmos a volta na propriedade. Raquel nos trouxe o almoço. Pink almoçava conosco, pois era o turno dela.

Foi nessa hora que ouvimos um carro se aproximar. Ninguém havia saído, então todos ficaram apreensivos.

_ Se protejam! _Gritou Jim que estava no telhado ao memso tempo que abaixava-se no telhado e olhava pela mira de uma sniper.

Pink e todos nós pulamos dentro do buraco que cavamos. Em alguns minutos um carro estava parado próximo à entrada. Dele saíram Xico, Carlinhos, Leleu e mais dois homens sem apontar arma alguma. Derek saiu de dentro da casa mirando com a arma para Xico.

_Calma aí, autoridade…. _ Só viemos conversar _ Dizia Xico abrindo os braços em sinal de que não reagiria

_ Não conversamos com gente da sua laia! Coloque as mãos pra cabeça ou eu atiro

_ Você não vai atirar! E sabe porque não vai atirar? Porque se você atirar, meus homens atiram. E qualquer tiro ou som vai atrair aquele monte de zumbis que tão aqui perto! Então você não vai atirar!

Derek ficou em silencio. Deu uma olhada rápida pra trás. Tonny na porta da casa, com uma arma fez um sinal com a cabeça. Derek Abaixou a arma, e começou a se aproximar devagar. Leleu mirou com sua arma pra dentro do buraco onde estávamos Pink mirou a arma pra ele também.

_ Dique paradinho ai e não se mexa! Ou o Leleu aqui vai metralhar todo mundo la dentro! _ Derek parou no meio do caminho

_ O que quer?

_ Proponho um cesar fogo! Ninguem quer aqueles zumbis pra ca! Então eu fico na minha e você fica na sua!

_ Isso não vai rolar! A gente ta aqui pra prender vocês!

_ E vão prender mais de 30 pessoas onde? Naquela casinha de porco la? Acorda, policial! Não existe mais cadeia! Você não tem mais obrigação! Você na sua e eu na minha!

_É mas…. Eu sei que vocês nunca ficam na sua!

_ Você tem a minha palavra, policial

_ Sua palavra não vale nada!

Tonny se aproximou de Derek e cochichou algo em seu ouvido

_ um cesar-fogo _ Disse Derek logo após ouvir Tonny _ Enquanto os zumbis estão rondando esse lugar!

_ Ótimo! Ta vendo? Devia ouvir mais seus amigos! Eles são bem mais sensatos! E mais uma coisa… Se tiver alguém aqui que queira vir conosco! Podem vir! Nós começamos errado! Não vamos mais tratar vocês mal! La vocês são um de nós _Dessa vez ele olhava pra nós _ Não precisam trabalhar igual escravos! Seremos todos respeitados! Diferente desses aí! Nos não somos um tiranos! Nós somos a liberdade!

Derek Bateu palmas depois que Xico terminara de falar

_Belo discurso! Até escorreu uma lágrima aqui! Agora se os ladrõeszinhos terminaram… saiam da nossa propriedade!

Xico e os outros entraram no carro e saíram cantando peneus. Fabricia que estava abraçada a Miguel o tempo todo finalmente o soltou aliviada.

_ Assim que terminar o horário de almoço _ Disse Derek _ Voltem a trabalhar!

Almoçamos e passamos o resto da tarde trabalhando. Nunca fiquei tão exausto quanto hoje. Acho que todo meu corpo dói. Passamos o dia todo cavando. Revezávamos entre nós para não nos cansarmos muito. Trabalhamos juntos, comemos juntos, dormimos juntos. Os que menos trabalhavam eram Miguel e Gabriel. Eles eram os mais frágeis no momento. Não tem porque cobrarmos muito deles… Mas Camila cavava muito. Continuava em silencio. Apenas parava de cavar pra comer. Espero que ela se abra conosco em breve. Até jim se sentiu mal quando ela foi a única que não riu de sua piada enquanto fazia um stand-up pra nós durante seu turno. Derek não nos deixará ir em bora. Mas preciso dar um jeito de tirarmos nós todos dessa….

Fim do dia 19

Grupo Policiais Foragidos
Pr. Felipe (40) Derek (28) Xico (31)
Antonio (61) Tonny (26) Leleu (27)
Alan (35) Pink (19) Carlinhos (15)
Camila (21) Jim (23)
Mateus (20) Nolan (29)
Fabricia (32) Josh (21)
Miguel (7) Raquel (24)
Victor (21) Laiza (25)
Gabriel (24) Mais 7 pessoas

 

Inventário:

result

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: