23º Dia: Devíamos ter nos abrigado em uma loja de colchões.

Deixe um comentário

5 de dezembro de 2014 por bossolon

Campinas. 05/12/2014

Acordamos por volta das 7:00 pra tomar café. Novamente pudemos tomar café na mesa da cozinha. Raquel havia terminado uma leva de pão caseiro e seria quase um pecado não come-los ainda quentes. Laiza e Nolan estavam chegando com alguns baldes de água direto da mina nos fundos da propiredade.

_ Quando forem tirar água _ Disse Nolan descarregando os baldes no chão da cozinha _ É bom levar armas. A mina fica próxima a uma mata e há zumbis por la, além de outros animais. Matamos dois enquanto pegávamos esses.

Laiza foi cuidar das plantações e dos animais. Os zumbis estragaram boa parte das plantações e mataram alguns porcos e galinhas. Laiza é muito boa com essas coisas. Aparentemente ela fez veterinária, então sabe cuidar de animais. Mas ainda está aprendendo a trabalhar com plantas. Ronaldo e Raquel lhe dão algumas dicas.

Alias, Ronaldo foi quem adaptou o Crossfox para matar zumbis de ontem. Ele sempre gostou de coisas sobre tunning de carros e mecânica. Utilizou seus conhecimentos pra fazer aquela frente. Derek pediu para que ele “produzisse” mais carros daqueles e estaria disposto a colher as partes que ele precisasse.

Conheci os outros dois membros do grupo de Derek hoje. Uma mulher de 45 anos chamada Beth (Elizabete) e um homem de 30 chamado Igor. Aparentemente eles são bem tímidos e passam o dia todo rondando a propriedade.

Camila está mais comunicativa hoje. Nos pediu desculpas por tudo e disse que não iria mais ficar reservada. Iria seguir em frente. Estávamos indo continuar a vala quando Derek chegou com um pedido.

_ Precisamos de alguns de vocês! Dario, Victor e o fugitivo.

_Pra que? _ perguntei_ Preciso que vocês vão até a escola de cadetes de novo. Ajudem Tonny a pegar silenciadores, coletes, tudo que for preciso. Depois do que aconteceu ontem, armas silenciosas seriam boas. Peguem mais arcos, flechas e acho que alguns membros do exército ganham espadas, se tiver por la peguem também.

_ Se está falando de espadas e arcos _ Disse Antonio_ Eu comprei o meu em uma loja de caça no shopping Don Pedro. La deve ter muitos desses. E tem lojas que vendem espadas também.

_ um shopping poderia ser meio suicídio e perigoso. _ Disse Tonny _ Mas se soubermos onde é podemos entrar pela entrada mais perto, pegar e sair.

_ Então ta bem _ Disse Derek. _ Antonio vai no lugar de Victor. Afinal, ele precisa cuidar do irmão, né? O Shopping deve ser mais perto. Vão até la primeiro peguem as armas e voltem. Se der tempo vão até o exército à tarde.

Antes que Derek saísse Camila se pôs a sua frente e lhe deu um tapa.

_ Em primeiro lugar, isso foi por ter sido um babaca ontem. Em segundo lugar. Eu quero que me treine.

_O que?

_ Você disse que eu era fraca, não é? Então me ensine. Me ensine a matar, a lutar, a ser forte!

Derek ficou pensativo por algum tempo. Isso pegou a todos nós de surpresa. Também não contávamos com essa atitude determinada de Camila. Principalmente depois do que houve ontem.

_ Ta bem…. Os outros vão continuar a vala! _ Apontou para Camila _ Você vem comigo!

E assim fizemos. Eu, Alan, Antonio nos preparamos para ir ao shopping, enquanto os demais continuavam trabalhando na vala. Tonny, Nolan e Igor foram conosco.

Saímos quase 9:00 e fomos para o shopping. Paramos com o caminhão ali perto na rodovia Dom Pedro I. Tonny dedicou algum tempo para observar com um binóculo o Shopping. E estabelecer um plano. Ele deu uma metralhadora e uma pistola para cada um. Aqui não precisávamos ficar em silencio. Mas precisaríamos ser furtivos. O Shopping e seus arredores estavam cheio de zumbis.

_ Muito bem. Eu queria que Mateus e Pink estivessem aqui! Mateus sempre tem planos bons e Pink é nossa melhor atiradora. Mas tudo bem. Em primeiro lugar, vamos definir o que fazer quando estivermos cercados! Vamos usar um sistema circular interno e externo.

Tonny explicou como seria esse sistema. Metade do grupo formaria um circulo interno virados de frente uma para o outro e a outra metade formaria um circulo externo virado de costas para os membros internos. O grupo externo atiraria nos zumbis e, quando precisar recarregar dão um toque na pessoa de trás e trocarão de lugar. Assim ele recarregará enquanto o outro atirará.

Depois Tonny explicou o plano para entrar no shopping. E fomos colocar o plano em Prática. Primeiro Nolan pegou um carro qualquer. Nolan deveria seguir até a entrada mais distante da loja e causar muito barulho, para atrair a atenção dos zumbis para aquele ponto. Ficamos então ali próximo aguardando Nolan. Tivemos que matar os zumbis próximos com armas brancas para não chamar atenção.

Ouvimos então ao longe, um monte de alarmes de carros um seguido do outro. Poucos minutos depois, Nolan retornou. Entramos no caminhão e o deixamos próximo a entrada que usaríamos. Como a maioria dos zumbis estava indo para a outra entrada mais distante, havia poucos zumbis para lidarmos.

Seguimos rapidamente até a loja que Antonio falou. Ela já havia sido saqueada, mas a maior parte estava lá. Muitos corpos no chão carregavam algumas armas da loja também. Eles devem ter saqueado para se defender dos zumbis e acabaram morrendo. Pegamos mochilas e rapidamente enchemos de armas para levar até o caminhão.

Já havíamos feito cerca de 3 viagens quando os alarmes haviam parado de tocar. Agora teríamos que nos apressar antes que mais zumbis venham para cá. Estavamos fazendo a quarta viagem quando alguns zumbis apareceram na nossa frente e tivemos que atirar. Mas quando vimos, não eram apenas alguns zumbis, mas quase todos ali perto.

Não tivemos escolha a não ser correr no sentido contrário. Tonny disse para corrermos e darmos a volta por fora até o caminhão. Parecia o melhor plano no momento. Uma vez ou outra um de nós se virava para atirar nos corredores que vinham em nossa direção. Mas antes de chegarmos na outra saída um outro grupo se colocou a nossa frente. No meio desse grupo um zumbi com sangue nos olhos. Eu lembrei bem do ultimo que vi.

Desviamos o caminho e corremos pelos corredores de funcionários do shopping. Saímos de frente para uma loja de roupas. Entramos rapidamente e fechamos as portas. Movemos alguns objetos para travar a passagem e fazer barricadas. Havia poucos zumbis ali, que conseguimos matar com armas brancas. Mas do lado de fora havia muitos pelos corredores.

_ Isso foi suicídio! _ Disse Igor_ Vamos todos morrer aqui!

_ Fica calmo! Ninguém vai morrer se nos controlarmos! _ Disse Tonny.

_ Não podemos sair daqui com esse monte de zumbis! Não teremos chance alguma! _ Disse Nolan.

_ Eu sei… Mas uma hora eles vão procurar outra coisa. Vamos esperar….

Passamos então a tarde toda naquela loja. Pensando em como sairíamos dali. Logo vai escurecer. Parece que teremos que passar a noite aqui. Ou esperar para termos uma chance durante a noite. Devíamos ter nos abrigado em uma loja de colchões. Se sobrevivermos, escreverei amanhã. Caso contrário, gostaria de dizer que foi uma ótima aventura.

Fim do dia 23.

Grupo:

  • Tonny

  • Alan

  • Antonio

  • Igor

  • Nolan

Inventario:

result

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: