25º Dia: Se eu ficar, você fica?

Deixe um comentário

7 de dezembro de 2014 por bossolon

Campinas. Dia 07/12/2014

Caro diário. Hoje o dia foi relativamente normal. Depois do ocorrido no shopping estamos cautelosos quanto a permitir que um grupo saia em busca e armas. Mesmo assim, Derek quer que em breve nós vamos até a escola de cadetes atrás de mais armas. Estou começando a suspeitar que as armas não são apenas para os zumbis.

Continuamos cavando a vala em torno da propriedade. Estamos perto da metade. Novamente o pessoal reveza para nos supervisionar. Pouco antes do almoço ouvimos Um grito vindo da mina de água. Corremos até la para verificar e Beth estava correndo de alguns zumbis. Pela primeira vez pudemos atirar à distancia sem nos preocupar, devido ao silenciador nas armas.

Há uma parte da cerca quebrada e alguns zumbis estão vindo por lá. Estamos nos aproximando da metade do caminho para cavar a vala inteira e, logo estaremos cavando nos fundos da propriedade. Então estamos todos meio apreensivos ultimamente.

Quanto à Camila. Bem… ela continua treinando com Derek. Ontem ele foi até um ginásio pegar equipamentos para treino e agora eles treinam todas as tardes. Pela manhã ela geralmente nos ajuda com a vala. Os remédios de Gabriel estão acabando e logo Victor terá que sair pra buscar mais também.

Estão combinando de irmos amanhã até o exército pegar coletes e armas. Victor irá conosco para passar numa farmácia.

_ Por que precisaríamos dos coletes para enfrentar zumbis? _ Perguntei quando Derek nos informava sobre a decisão

_ Meu caro. Você acredita mesmo nesse negocio de cessar-fogo? Isso é só pra eles ganharem tempo pra conseguir armas! _ respondeu _ Quando esse monte de zumbis saírem daqui! Vai rolar uma guerra! Nós estamos perdendo muitos membros! Precisamos de mais armas!

Esta claro pra mim que Derek não pretende segurar o cessar-fogo por muito tempo. Mas o numero de zumbis ainda estava grande em volta. E se tiver um ou mais daqueles blooders por perto logo eles viriam atrás de nós. Victor levantou a hipótese de pegar mais remédios para seu irmão.

_ A prioridade é pegar armas! Precisamos de defesa! _ Disse Derek.

_ Eu não vou pegar droga de arma nenhuma! _ Respondeu Victor

_ Vocês vão! Se querem viver vão pegar armas! _ Discutia Derek.

_ Acho melhor eles pegarem remédios _ Argumentou Raquel que estava próximo. _ Não só para o irmão dele, mas Michael precisa de tratamento também! E remédios serão bem vindos quando sua preciosa “guerra” estourar!

_ há remédios na escola de cadetes! Eles pegam os remédios quando forem pegar as armas

_ Boa parte dos medicamentos la haviam sido utilizadas enquanto os muros ainda estavam em pé! Mesmo quando saímos de la não sobrou muita coisa _ Falei.

_ Eu posso ir pra escola de cadetes pegar armas enquanto eles vão para o hospital _ Argumento camila.

_ Não _ Disse derek depois de respirar fundo e pensar um pouco. _ amanhã vocês vão para o hospital. Depois de amanhã vamos atrás das armas!

Assim, combinamos que na manhã seguinte iriamos para um hospital pegar o maior numero de remédios, equipamentos, faixas e tudo que poderíamos precisar. Como já havia passado das 15:00 não seria bom ir no fim da tarde. Podia escurecer antes de voltarmos e não tem mais energia. Não podemos arriscar perder mais membros.

No jantar Camila parecia bem mais animada, em relação a antes. Acho que ela realmente superou a morte de André e está seguindo em frente. Ela comia uma dieta especial que Derek passou a ela, baseada em franco, brócolis e shakes (que ele também trouxe quando buscou equipamentos de treinamento). Ela também treinou melhor seus tiros, agora que temos silenciadores.

_ Está tudo bem? _ perguntei

_ Melhor. _Respondeu _ É difícil… lidar com a morte do André…. Mas.. .acho que ele não iria querer que eu ficasse tão deprimida.

_ Sabe que não precisa se esforçar tanto, não é?

_ Desde que tudo isso começou eu tenho sido uma das menos uteis. Olha pra Pink. Ela é uma mulher mais jovem que eu. E é uma das melhores do grupo do Derek. E ontem até Fabricia lutou contra os zumbis. Raquel é durona e Laiza e Beth também ajudam com tudo que podem. Eu acho que já está na hora de ser algo mais.

_ De qualquer forma. Estamos todos juntos nisso. Desde pequenos, lembra?

_ Só sobrou nós dois daquela época.

_ Talvez seus irmãos ainda estejam vivos. Podemos ir pra São Paulo atrás deles quando tudo isso acabar.

_ Eu prefiro não ir. Não quero ter essa certeza. E… Me acostumei com esse lugar. Talvez… pudéssemos ficar aqui por mais tempo… Se eu ficar, você fica?

Pensei um pouco na proposta de Camila. Imagino que ela não queira ver seus irmãos por já ter perdido André. E eu também não tenho mais nada em São Paulo pra ir atrás já que meus pais estão mortos.

_ Eu fico! Podemos começar uma nova vida com todo mundo. Eu, você, Fabricia, Miguel, Victor… todos estamos juntos nisso agora. Cavamos a vala e teremos defesa. Vai ficar tudo bem.

_ É… Ninguém mais vai morrer!

Comemos e passamos a noite conversando à luz de velas. Jim inventou de contar histórias de terror, mas não tem muita coisa que te assusta depois de enfrentar zumbis em um shopping na mais completa escuridão.

Fim do dia 25:

Grupo

A Lei

A Liberdade

Pr. Felipe (40)

Derek (28)

Xico (31)

Antonio (61)

Tonny (26)

Leleu (27)

Gabriel (24)

Pink (19)

Carlinhos (15)

Camila (21)

Jim (23)

Alan (35)

Mateus (20)

Nolan (29)

Marcos (33)

Fabricia (32)

Josh (21)

Sheila (29)

Miguel (7)

Raquel (24)

Victor (21)

Laiza (25)

Ronaldo (26)

Michael (43)

Beth (45)

Inventário

result

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: